sábado, 19 de julho de 2008

"Solidão"


Certo dia li uma frase que me marcou para sempre: a solidão é necessária para a vida social como o silêncio para a linguagem. Na verdade acho que temos um conceito muito errado do que é a solidão. Pensamos que ela é algo de terrível e não nos poupamos a esforços para a combater. Lançamo-nos em toda a espécie de actividades e de barulho para evitar o desespero de ficar só. Um enorme disparate! A solidão é importantissima, mas a solidão verdadeira. Quando não há uma solidão verdadeira que enriqueca a vida interior das pessoas, estas procuram uma falsa solidão destruidora. A verdadeira solidão encontra-se na humildade, a falsa no orgulho. A verdadeira solidão é uma introspeção, uma separação para nos conhecermos melhor e identificar o nosso papel com os outros. Ela não precisa de um “eu” para enaltecer ou reinvindicar. A falsa solidão, como nada procura ou encontra no seu centro, tenta arrastar tudo para si. Ela é por isso egocêntrica; exige em vez de dar. A verdadeira solidão limpa e abre a alma ao mundo. A falsa fecha-a. No fundo ambas procuram distinguir o indivíduo da multidão, mas apenas a primeira consegue.

sexta-feira, 11 de julho de 2008

"Olhar"


É possível saber o que pensas,
somente olhando para ti
Um olhar diz muita coisa…

É possível ver que me desejas
É possível ver me queres só para ti
É possível ver que te preocupas-te comigo
Que eu veja como tu me proteges...

Vigia-me
Persegue-me
Somente com o teu olhar...
E quando encontra o meu então...
Ninguém pode segurar
Ninguém irá afastar
Ninguém irá me tirar
Esse amor que por ti cultivei
E todas as noites que não te beijei
Nem te abracei
Espero um dia
Recuperar
Já que ainda tenho o teu olhar
O teu sorriso
Que timidamente
Invade meu espaço
Enlouquece meu corpo
Enche-me de desejo
Só para ter um beijo
Ou então passar o resto dos meus dias
Olhando você sorrir...
Coisa que eu já faço
Pois o amor me permite tê-lo
Permite-me vê-lo
E senti-lo a metros de distância
Pois em qualquer circunstância
O teu olhar está lá
Sempre a me procurar...

segunda-feira, 7 de julho de 2008

Fácil Viver


"Quando se ama alguém,tem-se sempre tempo para essa pessoa.E se ela não vem ter connosco,nós esperamos.O verbo esperar torna-se tão imperativo como o verbo respirar.A vida transforma-se numa estação de comboios e o vento anuncia-nos a chegada antes do alcance do olhar.
O amor na espera ensina-nos a ver o futuro,a desejá-lo,a organizar tudo para que ele seja possível.
É mais fácil esperar do que desitir.É mais fácil desejar do que esquecer.É mais fácil sonhar do que perder.E para quem vive a sonhar,é muito mais fácil viver."

"No lado Errado da Vida"


"Alguma vez se apaixonaram por alguém mesmo sabendo que esse amor era impossível porque vocês estavam no lado errado da vida?! alguma vez encontraram alguém e sentiram em todo o vosso ser que aquele que vocês olhavam eram "o tal"?! alguma vez amaram, nao o amor, nao a vida, nao a imagem da pessoa, mas a forma dela sorrir, o jeito dela tocar no cabelo e acima de tudo o que ela vos faz sentir?! ja tiveram, alguma vez, alguém que vos fizesse sentir todos os segundos do dia a mais pura felicidade sem vos pedir nada em troca para alem de todo o vosso ser?! ja se deram a alguém de tal forma que sempre que ele te olha o teu corpo estremece e que so com um simples olhar te sentes completa?! alguma vez sentiram um amor tão grande que o mundo parece pequeno demais para esse sentimento?! eu já... e o nosso amor foi tão grande, tão intenso que no fim sobrou o que sempre sobra após o fogo... cinzas e solidão!! e mesmo assim continuo amando-o como no primeiro dia que o vi! continuo desejando-o como na primeira vez que o tive... e mais importante, continuo precisando dele com toda a minha vida!olho para o mundo e acho-o vazio... sinto o ar e acho-o frio... saboreio o que me resta e sabe-me a pouco! falta-me tu! sinto a tua falta quando olho as estrelas... sinto a tua falta quando toco a terra... sinto a tua falta quando respiro, quando amo, até mesmo quando sinto! e vou vivendo no lado errado da vida, procurando uma forma de chegar a ti e te dizer de todas as formas: amo-te! e amei-te quando te vi la sentado entre a luz... e amo-te sempre que te vejo na minha memória... e amar-te-ei enquanto a tua lembrança em mim permanecer! "


"By Silvia"